Não é porque você não encontrou que não existe.

quadro do desenho animado Menino magico - o menino olha para um pequeno veado
Era 1994, 1995(?), quando uma colega minha entrou na sala de professores de decretou a sua orientadora:

– “Industrial Design” não existe!

Eu fiquei meio em choque coma certeza da colega, por que eu tinha uma leve impressão de que estava errada.

Não é porque você não encontra algo, que essa coisa não existe. E talvez você esteja procurando o lugar errado.

Passei anos lembrando de dois desenhos que passavam na Sessão da Tarde da Rede Globo sem saber o nome. Durante um bom tempo procurei informações deles na internet sem muito sucesso. Um era de um menino que buscava a mãe no mundo dos mortos e outro de um menino que tinha amigos animais e subia paredes. Ah! Ele também ficava invisível. As vezes chegava pensar que os dois filmes eram o mesmo. Difícil encontrar algo sem saber o nome.

Encontrei os dois filmes poucos anos atrás. Havia um post original sobre eles, que foi perdido nas versões mais novas do blog. Mas numa lista de que fiz sobre outro assunto ter acesso aos links dos desenhos.

Eu tinha uma pálida ideia do que eram as organizações de design. Já tinha ido a um NDesign em 1993 e andava com as pessoas do CAD (Centro Academico). Havia diversas discussões sobre o que era design, desenho industrial e as crises de identidade de profissão aos quais nossos professores (e os atuais) impingem aos alunos ao invés de criar um senso de comunidade.

Tempos depois achei a ICSID (hoje World Design Organization) a International Council of Societies of Industrial Design.

Não na web (era tempos de Altavista e Cadê), mas na contracapa de um livro.

Sempre duvido quando alguém chega cheio de certezas sobre alguma coisa.