Jogo da Acessibilidade Digital

imagem plana do tabuleiro

Era uma sexta de abril/maio e meu cérebro corria solto enquanto eu tomava banho foi quando veio: “tirou 20 banners do sitio – jogue o dado novamente”. Sai do banho, me vesti e disse pro marido que precisava fazer algo. Peguei papel e caneta e comecei a rascunhar. Procurei tabuleiros de jogos na internet para ver o numero de casas e me inspirar nos formatos. No outro dia tinha reunião, passei metade (não, toda) reunião anotando ideias de ações de casas e cartas.

O primeiro playtest (teste de jogo) seria na WWW2013, mas não consegui um jogo a contento. O Horácio, Reinaldo, Richard e o Bechara ficaram com protótipos dos jogos (jogaram?). Vi fotos do Horácio jogando com uma turma. Alguams coisas não estavam legais no jogo, como a impressão das cartas CRAPTCHA.

O primeiro playtest de verdade foi no Consegi. Dei uma oficina e depois jogamos. O jogo foi rápido -20 a 30 minutos – e eu vi um ou dois problemas nas casas.

Na volta, escrevi as instruções e comecei a desenvolver os peões. Que imprimi e montei. Tinham problemas de estabilidade. Passei o jogo para algumas pessoas e as críticas vieram. uma casa sem função, duas casas com o mesmo texto, mas com ordens diferentes. As vezes parecia que nunca estaria com o jogo minimamente pronto.

Até ver o pacote de correções do Munchkin. E pensei, está na hora.

V2 do tabuleiro

A versão 2 tem algumas correções no tabuleiro, peõs e dado para imprimir junto com as instruções do jogo. O tabuleiro está em Creative Commons, dá para imprimir, jogar e fazer novas cartas (em breve), vai dar para mexer (em breve). Só não pode imprimir e vender.

Imprimindo tudo em couchê fosco com uma gramatura alta, sai por cerca de R$25,00 o jogo. Se imprimir em lona o tabuleiro, sai um pouco mais caro.